Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

CROÁCIA: CÍRCULOS MISTERIOSOS DE ERVAS MARINHAS INTRIGAM CIENTISTAS

Mäyjo, 11.09.15

croacia_1

Círculos no mar da Croácia

 

Galesnjak, a ilha em forma de coração

Mäyjo, 23.12.13

Galesnjak, a ilha em forma de coração (com FOTOS)

 

Em 2009, um utilizador do Google Earth percebeu que a ilha de Galesnjak, na Croácia, tinha a forma de um coração. A descoberta rapidamente ultrapassou fronteiras e tornou-se num fenómeno viral.

Situada na costa croata do Adriático – e inabitada -, a ilha começou rapidamente a ser conhecida como a Ilha do Amor – e nem o recente corte de árvores diminuiu o interesse do público por Galesnjak. Interesse que se reacendeu quando, na imagem de satélite actualizada, se percebeu que a ilha perdeu algumas árvores. Segundo o proprietário da ilha, Tonci Juresko, o corte tem como objectivo a plantação de  oliveiras na ilha. “Vou plantar oliveiras, a ilha vai ficar ainda mais bonita”, explicou Juresko ao site Jutarnji List.

Serão plantadas 250 novas árvores e o embarcadouro, construído há 80 anos pelo avô de Tonci, será restaurado.

O proprietário de Galesnjak admitiu também já ter recusado, “várias vezes”, realização de casamentos na ilha, uma vez que esta não tem condições para receber eventos: trata-se de uma ilha rochosa, de difícil acesso.

“Tenho a certeza que ainda iremos receber um casamento na ilha. Tentámos organizar um passeio de Dia dos Namorados, mas é apenas um dia por ano, não seria muito rentável”, explicou. Há quem diga que este corte de árvores tem como objectivo tornar a ilha mais “visitável”, proporcionando a Tonci a aposta nos casamentos e turismo.

A ilha é um dos raros fenómenos objectos naturais em forma de coração do mundo, tendo a sua curiosa geografia sido descoberta no século XIX, pelo cartógrafo de Napoleão, Charles-François Beautemps-Beaupré.